A Saga do Curso de Português para Estrangeiro

Em algum momento, eu e meu marido resolvemos que era hora de procurar uma escola de idioma para que ele pudesse aprimorar seu português e pegar fluência. Como eu já comentei no post “Estrangeiro Aprendendo Português“, até então ele era auto-didata, mas muito longe de ser aplicado e por este motivo seu português não estava evoluindo muito. Ele havia empacado, pois estava pegando ódio de estudar português, não aguentava mais olhar para os livros, enfim, já não estava mais disposto a se virar sozinho e a falta de estímulo era total.

Antes de fazer uma pesquisa detalhada de curso de português para estrangeiro em minha cidade, achei que seria interessante conversar em uma escola de idioma perto de casa que tinha o curso disponível. É uma daquelas franquias famosas de escola de idiomas, com propaganda na tevê frequentemente. Pois bem, dei uma ligadinha antes para sentir o clima. A atendente foi meio vaga na explicação, mas me informou que a escola oferecia o curso regularmente com mensalidades A PARTIR DE R$ 250,00. Oras, sabemos que em se tratando de A PARTIR DE, a chance de ser o dobro mais caro é bem alta, por isso preparei o espírito para escutar que a mensalidade seria algo em torno de R$ 350,00 a R$ 400,00.

Pois bem, lá fomos nós. Logo que chegamos, já sacamos a primeira pegadinha, não havia curso regular de português para estrangeiro coisa nenhuma, era aula particular mesmo – VIP, o que significa que a atendente nos enganou, mentiu apenas para atrair o cliente desavisado.

O rapaz da área comercial, guru das vendas (insira sua risada sarcástica aqui), nos levou a uma salinha reservada para falar, basicamente, sobre valores. Nem inglês o sujeito falava para explicar os termos e condições claramente ao meu marido. Chegou sem o material didático, nem nada e simplesmente jogou os valores básicos do curso em nossas humildes caras. Não houve qualquer preocupação em explicar a parte mais importante, a pedagógica, isso foi simplesmente ignorado. Para encurtar a história, vamos aos valores (exatamente os informados) e sua explicação, porque foi somente isso que o guru explicou e nada mais.

O negócio funcionava mais ou menos assim: o aluno VIP para o referido curso deveria comprar um PACOTE MÍNIMO DE HORAS, que no caso eram 70 HORAS mais o MATERIAL DIDÁTICO, que se resume a alguns livrinhos de conteúdo, outros de exercícios e mais os CDs de áudio. O combo do material didático bem basiquinho saía, naquela oportunidade, pelo precinho módico de R$ 1.164,00 (isso há mais de seis anos, imagine agora). Cursando as aulas à noite, a hora-aula custaria R$ 150,00 (uma horinha apenas) e se cursasse pela manhã ou tarde, a hora-aula teria o valor de R$ 80,00.

A conta ficou assim:

AULA MATUTINA OU VESPERTINA

70 HORAS X R$ 80,00 = R$ 5.600  +   R$ 1.164 (material didático) = R$ 6.764,00

____________________________

AULA NOTURNA

70 HORAS X R$ 150,00 = R$ 10.500   +   R$ 1.164 (material didático) = R$ 11.664,00

____________________________

E nós ainda poderíamos pagar tudo de uma vez só se quiséssemos! Fantástico, não???  Na hora do adeus, até nunca mais, ainda tive que engolir um aperto de mão mole. Foi muito ódio no coração e fim da história com a maior rede de escolas de idiomas do mundo. Não acho que uma aula vip ao custo de 80 reais seja caro, acho até bem razoável, o que pesou foram as condições abusivas e o péssimo tratamento dispensado a um cliente em potencial. A forma como tudo foi conduzido, a falta de uma apresentação decente do curso e do método, as condições de pagamento impostas, fora a mentira que contaram em relação à existência de um curso regular de português para estrangeiros, quando na verdade não existia, tudo foi muito abusivo e enganador.

É por isso que eu repito, procurem curso de português para estrangeiro em universidades federais, que possuem ótimos cursos e com preços super justos. Não caiam na cilada de escolas de idiomas caça-niqueis, Hoje em dia, há inúmeros institutos que ensinam português para estrangeiros, inclusive gratuitamente, com muito excelência e comprometimento. Vale a pena procurar e conferir!

Se este post foi útil e esclarecedor, deixe seu comentário, curta e compartilhe! Obrigada!

Autor: manualquasepratico

Brasileira, casada com um estrangeiro, atualmente vivendo e blogando no Brasil.

11 comentários em “A Saga do Curso de Português para Estrangeiro”

  1. Olá,

    gostei muito de ler esse post. Infelizmente falou que é língua estrangeira as pessoas pessoas pensam que é extorsão. Ontem fui ver um simples curso de inglês para meu filho de 3 anos, o kids para já ir aprendendo, pois essa idade é ótima para aquisição de língua. Cobraram 850,00 só o material didático, que eu sinceramente fiquei curiosíssima para saber como era, pelo valor, mas o vendedor não tinha disponível. Sei!
    O que mais me revolta é que eu sou sou professora de português, formada pela USP, mestrado e tralálá, ainda resolvi fazer algumas pesquisas, cursos e leituras extras voltados para o ensino de português como L2, devido a demanda de alguns alunos e mesmo assim, sem querer me desvalorizar, não me sinto autorizada a cobrar horrores por uma aula, tampouco fazer diferença entre aula particular de português como reforço escolar/concurso, ou como língua estrangeira, as didáticas são diferentes, sim, os materiais e preparação, mas não consigo enxergar o motivo para tamanha diferença de preços. Acredito que essa “mania” de querer dar a volta é uma das características mais prejudiciais enraizada na cultura brasileira, ainda bem que há exceções, como as moças da UFRJ. Espero que seu marido já esteja falando muito bem português, mas caso ainda não, há um site com várias indicações de livros voltados para o ensino de português como L2, talvez adquirir um deles pode ajudar bastante.

    Links: http://www.linguateca.pt/didactico.html#did2ppe

    http://ensinarportuguesandaluzia.weebly.com/manuais-escolares-no-brasil.html

    Boa sorte e adorei o blog.

    Carla Dias

    1. Oi, Carla! Obrigada pelo seu comentário maravilhoso. Digamos que meu marido agora é um falante quase fluente, mas que ainda precisa lapidar mais um pouquinho a língua, especialmente em seu aspecto pragmático, mas isso vem apenas com o tempo.

      Uma abraço!

  2. Olha eu quero dar Aula de Português à um enstrangeiro Alemão, e não sei por onde começar. Você pdoeria me dizer como eu começo. Fico agradeçida.

  3. Na cidade ondo moro há um grande fluxo de haitianos e eu cheguei a procurar o local onde eles ficam inicialmente alojados. Eu queria fazer um trabalho voluntário mas não pude porque não tenho ideia de como se ensina português … fiquei chateada. Quanto à colocação do custo do ensino do português para estrangeiros eu sou de opinião que deve ser cobrado e bem cobrado. Afinal quando nos propomos a estudar, por exemplo, inglês na Inglaterra o preço é bem salgado e eles não estão nem um pouco preocupados com isso. Eu ia fazer um trabalho voluntário porque não sou profissional da área, ia “dar uma mãozinha”, mas quem é profissional da área deve valorizar o seu trabalho.

    1. Sim, concordo que o professor deva ser valorizado, não só o de português para estrangeiros, mas todos eles, de todas as áreas, no entanto, cobrar 11 mil reais, como eu mencionei no texto da publicação, pareceu-me muito além de uma valorização, mas sim de uma extorsão rs… De qualquer forma, não caímos na pegadinha. Infinitamente melhor e mais vantajoso cursar na Universidade Federal de seu estado, auxiliado por mestres e doutores em linguística e por um preço justo, nem barato, nem caro.

  4. Concordo com a professora Adriana, também trabalho com aulas particulares de português para estrangeiros e pela minha experiência, a dificuldade para montar turma é muito grande devido aos diferentes níveis, foco e disponibilidade dos alunos. As aulas individuais são, sem dúvida, a melhor solução, pois atendem o interesse e a necessidade de cada aluno de forma integrada. Sempre estabeleço uma relação direta com a nossa cultural, apresento o contexto geográfico, histórico, social e a diversidade do nosso país, tudo isso irá ampliar a habilidade de aquisição da linguagem. Neste tipo de ensino, o idioma deve ser pensado como um instrumento facilitador do processo comunicativo. O pressuposto básico é que quanto mais o aluno se apropriar desse código, mais terá sucesso em sua comunicação, certo? Nem sempre! Existem pessoas que tem muita dificuldade de se comunicar em seu próprio idioma, neste caso, com a língua estrangeira será ainda mais difícil, pois envolve ainda mais os fatores intrínsecos. Aí está a dificuldade, é preciso conjugar o novo idioma com a desenvoltura da expressão oral das ideias. Esperamos que este desenvolvimento aconteça de modo integral visando a promoção de maior sensibilidade na audição e ampliação da capacidade de comunicação de cada aluno. Espero ter contribuído e coloco-me a disposição para contato de colegas e alunos, meu e-mail: esterchapiro@hotmail.com

  5. Bom dia pessoal! Lamento pelo ocorrido. Infelizmente muitos brasileiros não estão sabendo lidar com este momento “novo” , quando estrangeiros se interessam em aprender a língua portuguesa em maior escala. Mas só gostaria de ressaltar que nem em todos os locais há a ideia de “extorsão” ou desrespeito.Uma amiga e eu (com formação em letras pela UFRJ) iniciamos um projeto para ensinar língua portuguesa com muito carinho. Não vem ao caso comentar valores e local aqui, visto que meu propósito não é a propaganda, mas apenas dizer que há exceções. Não apenas nos valores que seguem os padrões de ensino de outros idiomas, mas na escolha do material didático (editora positivo), e local mais alternativo (um centro de ensino de música) e na inclusão principalmente de detalhes de nossa cultura (temos orgulho de sermos brasileiras). Sobre as aulas particulares ou em dupla. cabe ressaltar que pelo menos para nós duas, muitas vezes não há demanda para formar turma no mesmo horário como ocorre, por exemplo, com brasileiros que buscam o inglês conosco. Então, infelizmente a solução é uma aula mais focada. O sonho é ver turmas de estrangeiros aprendendo nossa língua e cultura (pois uma não se separa da outra), mas ainda é um movimento que começa e tem muito para aperfeiçoar. Espero assim, que na localidade de vocês também encontrem um local ou um grupo com tal filosofia. Abraços! Boa sorte a todos!

    1. Olá Adriana! Muito importante a sua colaboração, muito obrigada!

      Na verdade a história deste post foi sobre uma situação específica, em um determinada escola de idiomas. Mas eu comentei, em outra oportunidade, que encontramos outro curso, em uma Universidade Federal, que tinha ótimas condições de pagamento, além de um preço muito bom na mensalidade semestral.

      Se você quiser, pode deixar seu e-mail de contato aqui nos comentários, pois sempre há estrangeiros lendo as publicações aqui no blog.

      Um abraço!

  6. É um absurdo!! Eu também tive uma dificuldade imensa em arrumar cursos com preço justo. Uma vez fui numa dessas escolas famosas e a mensalidade de um múdulo era R$ 700,00!! Meu Deus é o preço de uma mensalidade de faculdade! E aula seria particular também. Eu desanimei pelo preço e por ser particular pois a intenção é colocar ele onde possa interagir, fazer amizade com outros estrangeiros, ter um convívio social como uma sala de aula mesmo. Apesar de ele ter desistido de curso de português, a melhor opção que encontrei foi em universidades e é o que também recomendo! bjsss

    1. Por essas e outras acabamos desistindo e sinceramente acho que ele nunca mais vai frequentar um curso de português, a hora dele já passou. Lamento profundamente não tê-lo forçado a frequentar o curso da Universidade Federal daqui desde o início, quando ele chegou, já poderia estar falando bem melhor.

      Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s